CLÍNICA DE FUTEBOL BOITUVA

A Clínica de Futebol Boituva, carinhosamente conhecida como a escolinha de futebol do professor UCA, é um projeto pioneiro na cidade de Boituva, que além de ensinar o futebol, trabalha o desenvolvimento físico e social, atuando diretamente
na formação do caráter, da personalidade e favorecendo a adaptação social através dos hábitos adquiridos por meio do esporte.

Fundada em 1997, a Clínica de Futebol Boituva atende as crianças e jovens dos 4 aos 15 anos, e neste curto período de existência e atividades já alcançou números e conquistas de grande expressão na região e também exterior.


           
Dentre as inúmeras conquistas, destacam-se a vinda de grandes clubes brasileiros à Boituva, além da participação em diversos torneios regionais e até mesmo internacionais, como a Nations Cup, realizado no estado da Flórida USA, em maio de 2000, revelando aos grandes clubes nacionais e internacionais o talento de nossos atletas.


           
A PentaSis presta apóio à Clínica de Futebol Boituva através de inúmeras ações, destacando-se no patrocínio de diversos atletas no “PROJETO ADOTE UM ATLETA”, que consiste num ato de caridade dos empresários boituvenses, que através de um contrato de publicidade, “adotam” e custeiam o curso de um atleta carente, o futuro CIDADÃO.


APAE BOITUVA

Fundada em 1983, a APAE BOITUVA (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Boituva), é uma entidade filantrópica com o seguimento de escola de Educação Especial e Entidade de Assistência Social à Deficientes.


 
A entidade atende aproximadamente 76 crianças em regime escolar de semi-internato, trabalho esse desenvolvido com uma equipe pedagógica composta de seis professores para atender cinco classes de deficientes mentais leves, moderados e profundos, aliado a uma equipe técnica especializada composta por um terapeuta ocupacional, uma fonoaudióloga, um dentista, três psicólogas e três fisioterapeutas, além outras funções auxiliares.
 
A APAE desenvolve um trabalho com objetivo de prevenção aos males da natureza, já que ela não é tão somente uma escola para deficientes mentais, mas uma entidade voltada para as atividades de prestação de serviços sócio-educativos e também de saúde.


 
Em convênio com o Governo do Estado, a Apae é mantenedora da Escola de Educação Especial e Ensino Fundamental Regina Veronezze Bettiol, que atende hoje aproximadamente 60 crianças.


 
A colaboração PentaSis é feita através de doações e participações em eventos, buscando junto com a comunidade, recursos necessários para as melhorias na entidade.